A pescaria de peixes de bico realmente é muito distante de muitos pescadores…
Afinal, esses peixes são encontrados por um curto período de tempo (esse ano entre novembro a fevereiro) e em águas azuis (distante da costa) o que dificulta o acesso de barcos com pouca autonomia de navegação e também pelo alto custo de combustível para chegar a esses pontos.
Além dos caros equipamentos necessários para uma boa prática dessa pesca tão esportiva e tão técnica que é a desses gigantes e velozes dos mares…

A convite do nosso apoiador e amigo Beni, da Mr. Beni Artigos de Pesca e capitão da embarcação, estamos acompanhando a Kisu Fishing Team que é uma equipe experiente e muito dedicada a essa modalidade de pesca. Nosso amigo nos convidou justamente para nos mostrar quão diferente e emocionante é essa modalidade e o quanto exige-se de técnica para conseguir trazer ao barco um gigante desses.
Gigante, pois os menores exemplares ficam entre 40~60kg. e velozes, pois são das espécies de peixes mais rápidos do planeta, onde um peixe vela pode alcançar 110km/h

A pescaria é normalmente feita com a técnica de corrico, onde o barco em movimento arrasta iscas prezas as linhas das varas. Mas há muitos detalhes como: uma variedade de iscas que são utilizadas; regulagem do equipamento (molinete, carretilha); linhas, anzóis e até dispositivos para prender as linhas… são tantos detalhes que estamos produzindo para explicar melhor e onde o próprio Beni vai explicar cada ponto pra vocês em um vídeo que estamos produzindo…

Esperamos que vocês gostem desse vídeo
e não esqueçam de deixar aquele like na publicação do facebook, marcar os amigos nos comentários e clique aqui se você ainda não se inscreveu em nosso canal do Youtube,
pois tudo isso nos ajuda a produzir mais conteúdo com a qualidade que vocês merecem!